Avançar para o conteúdo principal

Ficar em forma

Ficar em forma exige regularidade.
Treinar deve fazer parte da vida, de forma natural. O ser humano nunca foi tão sedentário quanto é no presente. O ritmo de vida frenético das sociedades actuais e a falta de tempo livre das ocupações socioprofissionais, colocam dificuldades na hora de manter um programa regular de exercício físico.
Muitas vezes, o que leva ao sedentarismo é mesmo a falta de vontade para treinar e a ideia de que treinar é sempre muito difícil. Existe sempre alguma resistência à dor e ao “sofrimento” inicial. Ao fim de um mês de prática é possível ver-se livre das dores musculares e do cansaço e até mesmo obter algum gozo.
Cada vez mais o acesso ao treino é o que permite estar permanentemente em contacto com a actividade física. Cresce o número de pessoas que treinam em suas casas e na rua. É possível fazer um treino dentro de casa com pouco ou nenhum material, é também possível fazer um treino cardiovascular ou de força utilizando espaços públicos. Pode ter um plano de treino para treinar na rua, outro em casa. O ter de deslocar-se ao ginásio, por vezes serve de desculpa para não treinar e isso afecta um elemento fundamental de qualquer programa de treino, a regularidade. Sem a regularidade necessária está sempre a perseguir o objectivo sem nunca o atingir, de facto. 
Se abrir o leque de possibilidades e conceber treinar em casa e na rua, se o treino estiver marcado na sua agenda e se tiver um plano de treino adequado a si e aos espaços efectivamente disponíveis, vai certamente sentir mais possibilidades para se manter activo e encontrar poucos motivos para não treinar.
A conjugação de Treino, Repouso, Alimentação Saudável e Hidratação levam a uma melhoria significativa da saúde e bem-estar.
Artigo da Fiquemforma publicado na revista Gira.


Mensagens populares deste blogue

Caminhar é treino?

Foi caminhar e a sua frequência cardíaca não passa dos 120 batimentos por minutos (BPM)? Então a sua caminhada provavelmente já deixou de ser treino. 
Caminhar é uma actividade física inerente ao quotidiano do homem desde sempre. As caminhadas passaram a constar de um programa de exercício físico em consequência do sedentarismo. Claro que quem não anda a pé e tem pouco movimento no seu dia a dia tem de começar por caminhar, visto que não consegue correr/nadar/pedalar seguido durante muito tempo. Mas, idealmente depois de recuperar a condição física através da marcha devemos ambicionar um pouco mais e passar para uma actividade um pouco mais vigorosa. Em suma, na nossa opinião caminhar deve ser apenas desenvolvida no âmbito do treino como uma actividade transitória entre o sedentarismo e uma vida activa em que devem aparecer activividades um pouco mais exigentes como o jogging, a corrida, o ciclismo, a natação. Ao longo de muitas publicações que temos feito no nosso blog temos salientad…

Fazer abdominais tira a barriga?

Esta pergunta é muitas vezes colocada e é sem dúvida um dos mitos do treino. São sempre os exercícios de carácter geral que degradam a gordura localizada. Podemos ter uma parede abdominal muito bem trabalhada, contudo a película de gordura teima em desaparecer. Equilibre os seus treinos cardiovasculares e os seus treinos de força. Se tem gordura para perder aposte no equilíbrio dos dois tipos de treino e garanta que o treino é vigoroso.

Rotina de Treino da Madonna

Madonna, segundo o seu personal trainer está sempre a mudar a sua rotina de treinos para levar a novos estímulos físicos e mentais. Explora sobretudo a resistência, força e flexibilidade.  A variabilidade do treino é algo de determinante para atingir objectivos, o corpo cria hábitos e adapta-se aos estímulos. Para poder evoluir deve alterar o seu plano de treino regularmente e renovar os estímulos para que a preguiça não se instale. Desafie-se!