Avançar para o conteúdo principal

Posso trocar os Antidepressivos pelo exercício físico?

«Diga não aos antidepressivos: Actividade física traz felicidade e pode ser tão efectiva quanto antidepressivos.
Muitas pessoas esquecem ou ignoram os benefícios a curto e em longo prazo do exercício. Duas substâncias químicas envolvidas neste estado de bem-estar são o cortisol e as endorfinas. 

O cortisol é um hormónio que quando produzido pelo corpo em excesso, como em situação de stress, raiva, ansiedade e medo, provoca efeitos nocivos como diminuição da produção de testosterona, acção lenta da utilização da insulina, que atrapalha no transporte da glicose para as células musculares, evitando assim a reserva de glicogenio muscular. 

As endorfinas, por sua vez, são substâncias que produzidas e libertadas no cérebro provocam sensação de bem-estar e o exercício físico liberta essas endorfinas. 
O exercício físico também induz a libertação de outras substâncias no cérebro, chamadas de neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, auxiliando na redução do stress e ansiedade. 
Além disso, estudos indicam que o exercício pode ser tão efectivo quanto os antidepressivos no tratamento da depressão. O exercício aeróbio regular por 30 minutos, praticado pelo menos três vezes por semana, pode ajudar pessoas com depressão moderada, que relatam melhora no humor. Isto pode fazer com que você se sinta mais confiante e seguro também em outras áreas de sua vida.»

Fonte: APSEN




Mensagens populares deste blogue

Caminhar é treino?

Foi caminhar e a sua frequência cardíaca não passa dos 120 batimentos por minutos (BPM)? Então a sua caminhada provavelmente já deixou de ser treino. 
Caminhar é uma actividade física inerente ao quotidiano do homem desde sempre. As caminhadas passaram a constar de um programa de exercício físico em consequência do sedentarismo. Claro que quem não anda a pé e tem pouco movimento no seu dia a dia tem de começar por caminhar, visto que não consegue correr/nadar/pedalar seguido durante muito tempo. Mas, idealmente depois de recuperar a condição física através da marcha devemos ambicionar um pouco mais e passar para uma actividade um pouco mais vigorosa. Em suma, na nossa opinião caminhar deve ser apenas desenvolvida no âmbito do treino como uma actividade transitória entre o sedentarismo e uma vida activa em que devem aparecer activividades um pouco mais exigentes como o jogging, a corrida, o ciclismo, a natação. Ao longo de muitas publicações que temos feito no nosso blog temos salientad…

Fazer abdominais tira a barriga?

Esta pergunta é muitas vezes colocada e é sem dúvida um dos mitos do treino. São sempre os exercícios de carácter geral que degradam a gordura localizada. Podemos ter uma parede abdominal muito bem trabalhada, contudo a película de gordura teima em desaparecer. Equilibre os seus treinos cardiovasculares e os seus treinos de força. Se tem gordura para perder aposte no equilíbrio dos dois tipos de treino e garanta que o treino é vigoroso.

Rotina de Treino da Madonna

Madonna, segundo o seu personal trainer está sempre a mudar a sua rotina de treinos para levar a novos estímulos físicos e mentais. Explora sobretudo a resistência, força e flexibilidade.  A variabilidade do treino é algo de determinante para atingir objectivos, o corpo cria hábitos e adapta-se aos estímulos. Para poder evoluir deve alterar o seu plano de treino regularmente e renovar os estímulos para que a preguiça não se instale. Desafie-se!